quarta-feira, 20 de julho de 2011

História da Dança de Salão

Fiz uma pesquisa, e trago pra vocês um pouquinho da história da dança de salão. Para ver o artigo completo sobre isso, clique aqui.


 "A dança de salão tem origem nos bailes da nobreza européia, especialmente a valsa, dançada em casais, o que era um avanço comportamental para a época.

A forma de dança em casal como mero entretenimento e realizada em ambiente fechado (os salões) foi levada pelos colonizadores para as diversas regiões das Américas, onde deu origem às muitas variedades, à medida que se mesclava às formas populares locais: tango na Argentina, maxixe, que deu origem ao samba de gafieira no Brasil, habanera, que deu origem a diversos ritmos cubanos, como salsa, bolero, rumba etc, e até mesmo o swing americano, que ainda hoje é preservado na sua forma original por grupos de dançarinos  nos Estados Unidos e Europa."

Temos vários estilos de dança de salão, mas são dez os principais, que fazem parte das competições oficiais. São eles:

Latinas:
1. Rumba (origem cubana)
2. Jive (mistura de rock e boogie-woogie americanos, popular nos anos 40)
3. Paso Doble (origem espanhola)
4. Cha Cha (variação do mambo)
5. Samba Internacional (ou o samba de gafieira que conhecemos)

Clássicas:
1. Valsa Vienense (6/8, mais rápida)
2. Valsa Inglesa (valsa lenta)
3. Slow Foxtrot
4. Quick-Step
5. Tango

Não podemos nos esquecer de alguns ritmos, como a Lambada/Zouk e o Forró, sempre presentes nas danças de salão brasileiras.


No âmbito gospel, a dança de salão não está muito presente, mas pode ser utilizada, se for feita com ordem e cautela, principalmente discernimento e sabedoria, pois é mais importante não escandalizar do que utilizar os diversos recursos de dança na dança gospel.

Em breve estarei postando mais sobre o assunto dança de salão, desta vez, com dicas para quem deseja montar uma coreografia ou um repertório completo de dança de salão gospel.

Abraços a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário