sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Estudo Bíblico Sobre Vestes

O que é a veste de dança? Podemos usar qualquer roupa, ou figurino? Por que chamá-la de vestes?


1. A veste é especial

A veste de dança, separada para a ministração com danças, não pode ser qualquer roupa. Não é uma roupa do dia a dia, não é um figurino de espetáculo.

Vamos nos basear no Rei Davi:

"E Davi dançava com todas as suas forças diante do Senhor, e estava cingido de uma estola sacerdotal." II Samuel 2:14

A estola sacerdotal é uma referência às vestes usadas pelos sacerdotes. Era semelhante a um avental, feita de linho fino, com fios de ouro, azul, púrpura e carmesim e pedras de ônix.

As vestes de dança são vestes sacerdotais, isto é, especiais para o trabalho na casa de Deus, não podem ser quaisquer vestes. E, da mesma forma que Davi, devemos ter vestes separadas, especiais para o momento. Davi poderia ter dançado com a sua túnica mais bela, uma roupa real cara, mas ele escolheu uma veste sacerdotal, porque ele não queria estar cingido de poder humano, ou riqueza humana, mas sim, do poder de Deus. Era um símbolo.


2. A veste é sagrada

Vejamos Êxodo 28:2

"E farás vestes sagradas a Arão, teu irmão, para glória e ornamento."

As vestes são sagradas, isto é, separadas para o trabalho do Senhor.


3. A veste é bonita e cheia de detalhes

"..., para glória e ornamento."
Verso 6(final): "... de obra esmerada."

Elas devem ser pre-definidas, em seus mínimos detalhes:

Versículo 4: "Estas pois são as vestes que farão: um peitoral, e um éfode, e um manto, e uma túnica bordada, uma mitra, e um cinto; farão, pois, santas vestes para Arão, teu irmão, e para seus filhos, para administrarem o ofício sacerdotal."

Não devemos fazer uma veste qualquer, um pano qualquer amarrado. Podemos até usar um tecido montado no corpo, mas devemos nos esmerar para que ele tenha o melhor caimento possível para os movimentos, os melhores detalhes possíveis, e não de qualquer jeito.

A veste também deve ser bonita. Uma veste feia é uma veste que não combina as cores entre si, e as cores ficam "brigando" com os nossos olhos. Uma veste feia é uma veste sem um bom caimento, sem um bonito corte, com um tecido ruim e mal costurado, um desenho cafona e sem harmonia. Uma veste bonita é uma veste em que as cores ou estampas se harmonizam, o caimento proporciona um belo desenho de movimento, o tecido é bonito e bem costurado, o desenho ou design da veste é o melhor possível.


4. A veste é cara

Versículos 5 e 6: “E tomarão o ouro, e o azul, e a púrpura, e o carmesim, e o linho fino, e farão o éfode de ouro, e de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido, de obra esmerada.”

Não significa que temos que usar o tecido mais caro da loja, com os bordados mais complexos etc. Significa que a veste nos deve custar alguma coisa, ainda que seja a criatividade. Fazer uma roupa qualquer, copiar de outras pessoas, usar um modelo básico só pra não ter trabalho não é se esmerar em fazer o melhor para o Senhor. É preferível que se tenha apenas uma veste, que seja um trabalho bem feito, com detalhes, rica em seu desenho, harmonia de cores, caimento, tecido etc, do que ter várias vestes "feias", sem observar as orientações bíblicas. É apenas "pro forma", ou seja, ter uma veste para dançar em tal e tal ocasiões, sem levar em conta os significados importantes que a veste tem. Ela é sua veste sacerdotal!

Caro não significa dinheiro gasto. Você pode ter gasto muito dinheiro numa veste feia, mal costurada, sem riqueza de detalhes, copiada de outros grupos, onde você não teve trabalho nenhum nela. Você não pensou no significado das cores, não escolheu o desenho, não pensou em nada. Não te custou nada.

"Não oferecerei a Deus sacrifícios que não me custem nada." II Samuel 24:24b

As vestes dos sacerdotes tinham pedras preciosas, bordados, tecidos caros, com detalhes finíssimos. Obra de artista. Não podiam ser usadas em outros momentos, que não para o serviço sacerdotal. Compunham de acessórios, como tiaras ornamentais (versículo 40).

Você deve dedicar-se à sua veste. Fazer algo em obra esmerada. Procurar a cor certa, o tipo de tecido, o detalhe, o formato... tudo isso deve fazer parte do planejamento da veste.


5. A veste deve ser consagrada e ungida

Versículo 41: “E vestirás com eles a Arão, teu irmão, e também seus filhos; e os ungirás e os consagrarás, e os santificarás, para que administrem o sacerdócio.”

As vestes devem ser consagradas e ungidas ao Senhor. O que isto significa? Que a partir daquele momento, ela deixa de ser uma roupa qualquer, e passa a ser uma veste especial para o trabalho do Senhor. E não pode mais ser usada para outros fins, que não o trabalho do Senhor.


6. A veste deve ter roupa de baixo

Versículo 42: “Faze-lhes também calções de linho, para cobrirem a carne nua; irão dos lombos até às coxas.”

Não basta você usar um short ou uma blusa por baixo da veste. Você deve ter a roupa de baixo da veste. Um collant e uma calça tipo leg, ou fazer uma roupa de baixo completa, com mangas e calça numa única peça. Mesmo que a veste constitua calça, use uma leg por baixo. Mesmo que seja uma blusa de manga, use o collant por baixo. Isso faz parte da sua veste.

O versículo também fala de cobrir a carne nua. O que significa que a veste não deve ser, de maneira alguma, sensual, portanto, as mulheres: evitem deixar o colo descoberto em decotes, as pernas aparecerem com vestes curtas e sem leg, ou, mesmo com leg, vestes muito curtas. A leg e o collant são a sua segunda pele, não devem ficar aparecendo. São suas roupas de baixo.


7. A veste é rica em significados e símbolos

"E porás as duas pedras nas ombreiras do éfode, por pedras de memória para os filhos de Israel; e Arão levará os seus nomes sobre ambos os seus ombros, para memória diante do SENHOR." Versículo 12

As pedras tinham significados. Assim como devemos pensar nos detalhes da veste com seus significados. Por que determinada cor ou estampa? O que eu quero evocar com isso? Por que uma veste mais oriental ou mais hebraica? Ou, por que a cor vermelho com dourado, ou verde com branco? O que isto significa?

Veja esta veste:


Observe os detalhes. Esta veste foi usada no dia de minha consagração como ministra de dança.

Ela é um vestido longo, com uma única manga, coberto com tiras de tecido bordado branco, e por baixo, uma saia prata.

A cor prata refere-se a oferta, entrega.
A cor verde refere-se à vida nova, renovo.
A cor branca refere-se à santidade, purificação.

O que eu estava dizendo com esta veste, no dia de minha consagração como ministra de dança?

1. Eu me entrego.
2. Eu mudo minha vida neste instante, para ter um novo propósito.
3. Acima de tudo, consagro minha vida ao Senhor, para ser separada ao trabalho do Senhor.

Uma veste rica em detalhes nas cores e no formato. E esta veste não custou tão cara. Mas foi cara, pois foi pensada em todos os detalhes para este fim.

Quando eu quis fazer uma veste especial para o dia em que ministraria pela primeira vez, eu quis desenhá-la. Pedi a Deus um novo formato, um novo desenho, um desenho que exprimisse tudo isso. Estudei a fundo as cores na Bíblia, e fiz uma "estola sacerdotal" para mim.

É assim que devemos agir com relação às nossas vestes. Agir de forma séria, sem fazer as coisas de qualquer jeito. Pedir a orientação do Senhor acima de tudo, pois foi o próprio Deus quem fez o design das vestes sacerdotais de Arão. Ora, Deus é o criador do céu e da terra. Quem mais criativo do que Ele para nos dar vestes novas, desenhos novos, cores interessantes e tudo coeso, harmônico, para a honra e glória dEle?

Deus te abençoe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário