Tipos de Dança na Igreja

 Existem diversos tipos de dança executadas no culto a Deus. Assim como existem diversos tipos de dança como balé classico, contemporâneo, jazz, hip hop, street dance, break dance, dança de salão e tantos outros. No culto, as danças são exclusivamente para acompanhar o culto, com júbilo, contrição, adoração, quebrantamento, etc.

A dança na igreja não pode ser uma "dança-show", pois este não é o seu propósito.
A dança na igreja tem um propósito específico.

Então, vamos lá.


1. Adoração


Eu diria que é a mais importante de todas, pois é quando o adorador com danças se entrega totalmente ao Senhor com seu corpo, levando muitos outros a adorar também.

Geralmente é acompanhada de músicas de mesmo tema, adoração, num ritmo mais lento. Os ministros de dança procuram movimentos que indiquem essa adoração. Geralmente no balé clássico, no contemporâneo, no moderno, entre outros movimentos que o Senhor nos indica:






2. Júbilo/Regozijo/Alegria

São músicas alegres, onde festejamos a alegria de estar na presença de Deus, louvando-o contando as muitas bênçãos. Músicas alegres, festivas, com ritmos festivos. Presença de saltos, giros, grand jetés, piruetas diversas, grand battements, dentre tantos passos do balé, também de outros estilos de dança.







3. Quebrantamento/Humildade/Arrependimento/Confissão

Momentos importantes da dança. Músicas lentas, que lembrem confissão de pecados, quebrantamento, entrega do coração a Jesus. Os movimentos têm bastante relevância no plano baixo (chão) e médio, geralmente se utiliza muito de passos do contemporâneo.






4. Dança Profética

Dança que tem a função de profetizar e ministrar bênçãos diversas às outras pessoas, como cura, unção etc. Essas danças podem ser em qualquer ritmo, mas têm que ter a ver com o que quer se profetizar. Pode-se profetizar salvação às nações, salvação às almas perdidas (genericamente), cura às pessoas doentes presentes ou não, etc. Os movimentos são variados, o Espírito Santo direciona. Um dos movimentos mais utilizados é a imposição de mãos sobre as pessoas, com variações. A base da dança profética é a intercessão. A partir daí, são criados os diversos passos. Também é muito freqüentemente executada de forma espontânea, isto é, deixando o Espírito Santo fluir no momento da dança.







Existem muitos outros tipos, mas esses quatro resumem a dança litúrgica. Casados com os estilos de dança, tais como clássico, moderno, contemporâneo, jazz, israelita, hip hop, street, break, pop etc, podemos encontrar pontos de equilíbrio na dança na Igreja.

Abraços e Deus abençoe a todos!

SOLI DEO GLORIA!

Share this:

JOIN CONVERSATION

6 comentários:

  1. Olá amada... Passei para dxar um bjo... Adorei seu blog.. Te linkei ok! Fike com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Silmara. Obrigada pelo carinho e apoio. Fique com Deus também, e que Ele te abençoe muitíssimo!

    ResponderExcluir
  3. Esse texto deixou um gostinho de "QUERO MAIS" quando puder postar mais sobre o assunto, será muito ler e aprender mais um pouco sobre o nosso chamado. Um abraço! Shalom!

    ResponderExcluir
  4. Que Deus, que tem todo poder possa te abençoar e te dar novas e fortes estratégias para que vc possa permanecer avbençõando a todos. Amém?

    ResponderExcluir
  5. Leonardo, assim que tiver mais informações e mais inspiração do Espírito Santo postarei aqui.
    Afonso, que Deus te abençoe muito viu? AMÉMMM!

    ResponderExcluir
  6. Lindo o seu blog.Passa lá no meu www.benevidez.blogspot.com para trocarmos figurinhas.Fique na paz.

    ResponderExcluir