Abertura da XXXVII Olimpiagnes!

A abertura da XXXVII (37ª) Olimpiagnes (jogos internos do Colégio Agnes) aconteceu nessa sexta-feira, dia 13 de maio, na quadra poliesportiva do Colégio. E eu filmei tudinho, por isso, trago pra vocês agora as imagens das coreografias, com algumas explicações.

Estes alunos estão fazendo parte de um projeto particular, que eu apliquei na escola este ano. Este projeto implica em observar como os alunos reagem ao ballet clássico, principalmente quando nunca tiveram contato com ele. 90% dos alunos observados nunca fizeram ballet. Destes, em torno de 40% desejariam fazer, e o restante tinha certo preconceito.

Após um primeiro contato, pude perceber que estes números aumentaram. A grande maioria gostaria de praticar o ballet, com aulas regulares, mas infelizmente, alguns não têm tempo, outros não têm dinheiro suficiente para investir.

O Colégio Agnes abriu quatro turmas de ballet, duas para crianças até seis anos e outras duas para crianças até 10 anos. Muitas meninas ficaram de fora, por causa da grande procura, e estão na lista de espera por uma vaga. As mais velhas, que aparecem nos vídeos, tiveram que procurar outras alternativas.

Este contato com o ballet na grade curricular as deixou animadas e algumas procuraram escolas especializadas, e já iniciaram suas aulas. As apresentações na abertura foram a culminância deste projeto, onde elas puderam vivenciar a dança clássica como algo possível, dentro de seus limites tanto físicos quanto de aprendizagem dentro do ballet. Portanto, alguns vídeos vão mostrar danças muito simples, com passos básicos do ballet, que fazem parte do aprendizado básico. Alguns erros serão mostrados, mas conhecer os resultados sem conhecer o processo é não enxergar como estes alunos iniciaram e até onde chegaram.

Vejam:



Este vídeo mostra alunas do Ensino Médio. Uma delas fez ballet quando criança, e a outra, até há bem pouco tempo. As outras são totalmente leigas, e nunca dançaram em qualquer apresentação na vida. Esta turma ficou em 4º lugar na competição de melhor apresentação.




Este vídeo mostra alunos do Ensino Fundamental II, 5ª e 6ª série do turno da tarde. Uma dança menos clássica, mais moderna, com elementos indígenas, pés em an dedans, agachamento etc. Duas das alunas fazem ballet aqui mesmo, na escola, e os demais apenas tiveram contato com a dança nas apresentações da própria escola. Esta turma ficou em 3º lugar na competição de melhor apresentação.




Algo completamente novo para esta turma. Este vídeo mostra alunas do Ensino Fundamental II, 7ª série manhã. Uma dança com fitas GRD, onde nenhuma delas teve qualquer experiência anterior. Treinaram nos ensaios com os movimentos das fitas coreografados. A maioria tem experiência anterior com dança, na própria escola, mas uma parte jamais dançou antes desta experiência. Esta turma ficou em 2º lugar na competição de melhor apresentação.




Desta turma, três meninas já fazem ballet. O restante nunca teve contato com a dança clássica. Conseguimos obter resultados com dança de formação, que tem suas raízes no ballet Comique de la Reina (ballet cômico da rainha), antes mesmo da sintetização do ballet clássico de Luís XIV. onde as pessoas juntas formavam figuras com seus corpos e os que assistiam, em seus camarotes, podiam vê-las de cima. Em sua composição, delicados movimentos de cabeça, braços e pernas faziam toda a diferença no conjunto. Esses alunos são "verdes", isto é, sem experiência, o que fez desse processo um trabalho rico e interessante. Os alunos em sua maioria interessados em participar deixou a dança ainda mais rica, com diversos grupos dançando em momentos e passos diferentes. Destaque para o pas de deux no centro, com os alunos Jéssica e Sânio Jorge, da 6ª série. Jéssica fez ballet até o ano passado, mas Sânio jamais teve contato com este tipo de dança. Esta turma foi a grande vencedora da noite, levando o 1º lugar na competição de melhor apresentação.

Coreografias: Débora Falcão

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário