quarta-feira, 23 de abril de 2014

Aconselhamento Nº 05

Email recebido:

Gostaria de perguntar o que todas as meninas do ministério estão se perguntando nesse momento. Nós não temos tempo para ensaiar toda a semana, já que nossa líder trabalha muito e todas as integrantes possuem entre 15 e 18 anos, estando ou na faculdade ou na escola. Como dançar é algo que gostamos muito, optamos pelo espontâneo.

Estava indo tudo muito bem, até que o pastor pediu para a gente parar, porque alguns irmãos conservadores não estavam gostando. Disseram que tirava a atenção do louvor. Então agora a gente só pode dançar espontâneo uma vez a cada dois meses e olhe lá. Minha líder até hoje está muito triste, ela já chorou, já conversou com o pastor, mas ele não tinha como mudar sua posição. Isso está chateando algumas meninas, não posso dizer todas, porque às vezes algumas choravam para não dançar (problemas com o espontâneo).

Continuação do email:

Eu não sei se isso já aconteceu aí na sua igreja, mas como ministra da dança, eu sei que você ficaria chateada com isso. Eu acredito que o ministério da dança e do louvor são um só, e que assim como a igreja investe em curso para o louvor, deveria investir para a dança. Mas infelizmente as coisas não são assim, percebemos que a igreja é preconceituosa com a dança. Até minha mãe disse que essa medida foi boa, porque assim não tornaria a dança monótona, e eu realmente não entendo. E o louvor? É monótono? A dança nada mais é que o louvor através dos gestos. Os irmãos não acreditam que a dança leva pessoas à adoração, expulsa demônios e liberta.

Esse preconceito tem deixado a maioria do grupo desmotivado, pois acabamos por ficar sem dançar e isso não é nada bom, vejo como minha líder está triste, e nem sei o que dizer para ela porque a gente não pode mudar as pessoas, mas a gente também não pode escandalizar os irmãos. E agora? O que devemos fazer?

Por favor, nos ajude em oração e conselhos!


Resposta:

Isso aconteceu há muito tempo atrás com o louvor.

- Os conservadores não aceitavam o órgão na igreja, apenas o canto gregoriano. Acredite: o órgão teve seus dias de rebeldia, era como um instrumento que "tirava a concentração do louvor".

- Os conservadores não aceitavam a guitarra, o violão, e a bateria, então, nem se fala. E pelo mesmo motivo.

- Os conservadores não aceitaram as mudanças nos corais, tornando-os mais jovens e menos tradicionais. Pelo mesmo motivo.

- Os conservadores não aceitaram mudanças nos hinários, alterando algumas letras antigas. Pelo mesmo motivo.

- Os conservadores não aceitaram inclusão de canções novas no louvor, como Diante do Trono, Fernandinho, Toque no Altar, etc, etc (e alguns até hoje ainda não aceitam). Pelo mesmo motivo.

- E agora, a bola da vez é a dança. Mas como tudo, se perseverarmos, vai acabar acontecendo, pois a obra de Deus não pode ser frustrada.

Fé e perseverança são palavras-chave. Nunca devemos desistir delas.

Oração é nossa arma. Nunca devemos parar de orar, pois é através da oração que entramos em contato com Deus, mantemos esse contato, e Ele pode nos orientar. E também, só Deus pode mudar opiniões e corações endurecidos.

Se só podem ministrar a cada dois meses? Então, nesse dia, façam lindas ministrações com celebração de uma festa ao Senhor!

E vocês cometeram um erro.
A ministração espontânea tem que vir do Espírito. Não por força ou por "violência". Se algumas irmãs choravam para não ministrar, isso está errado. A simples declaração de uma ministra, informando que não ministrará nesse dia, por motivos pessoais ou quaisquer outros motivos, deve ser levada em consideração. Não se convence ninguém a adorar. Depois, a líder deve procurá-la para saber os motivos e tentar ajudá-la.

Agradeçam a Deus porque seu pastor ainda lhes dá a oportunidade de dançar. A denominação a qual faço parte recebeu uma ordem superior, do Supremo Concílio Nacional das Igrejas Presbiterianas do Brasil, proibindo a dança nos cultos e dentro dos templos em todas as igrejas congregadas a ela, em todo o território nacional. E isso é bem mais grave. Muitos saíram de suas igrejas, mudando de denominação, para não interromper seus ministérios. Outros continuam lutando. Algumas pequenas igrejas não cederam à ordem, mas são raros os ministros de dança.

Perseguições existem de vários níveis, mas árvores que não dão frutos não levam pedradas. Jamais se esqueça disso.

Conte isso para sua líder. E vocês agora devem renovar as forças dela. Preparem uma linda coreografia de adoração ao Senhor e ensaiem para a próxima vez que forem ministrar, em gratidão a Deus pela oportunidade que estão tendo de serem perseguidas, pois é na perseguição que nos aproximamos mais dEle e aprendemos mais. SE DEUS nos quiser na fornalha, é lá dentro que deveremos estar, com a certeza que o Anjo do Senhor estará lá conosco.

Deus abençoe teu ministério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário