Recurso Coreográfico - Níveis e Subníveis

Olá, pessoal, tudo bem?

Hoje trago para vocês mais um recurso coreográfico, para ajudá-los na criação de coreografias: Os níveis e subníveis.


Para saber mais sobre este recurso, clique em Continue Lendo.


O recurso de Níveis e Subníveis é simples. É quando você cria uma sequência de passos para ser executada por dois ou mais grupos que estão em diferentes níveis: alto, médio ou baixo.

Para entender melhor, você precisa compreender o que são esses níveis.

1. Nível Alto

Quando o ministro está de pé, e toda a execução dos movimentos é realizada de pé. Saltos, giros, a dança é realizada neste primeiro nível.





2. Nível Baixo

Quando os movimentos são executados em contato com o chão, deitado ou sentado.






3. Nível Médio

É quando os movimentos são executados entre os níveis alto e baixo, e o bailarino pode estar de joelhos, de pé com o tronco abaixado, de pé com os joelhos flexionados, sentado com os pés e os troncos afastados do chão.












Há o nível médio em Pas de Deux, quando, na dupla, um deles mantém o outro em nível médio.








Compreendido os níveis e subníveis, vamos ver agora como isso pode nos ajudar num recurso coreográfico para GRUPOS.

Primeiro, divido o grande grupo em pequenos grupos, dois ou três (dependendo da quantidade de pessoas).

Um grupo dança no nível alto, o outro no nível médio ou baixo, ou três grupos, um em cada nível. A sequência de passos passa a ser de tronco, braços e cabeça, e os grupos executam igualmente. A diferença está nos níveis.









E assim você tem mais um recurso para criar coreografias para seu grupo de ministração com danças!

Deus te abençoe!


Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário