domingo, 6 de abril de 2014

Recurso Coreográfico - Cânone

Olá queridos ministros de dança!

Este post é importante, porque muitos ministros às vezes têm dificuldades de criar passos, coreografar de modo que não fique sempre a mesma coisa, com efeitos visuais mais bonitos.



Um dos recursos coreográficos mais fáceis de usar, com efeitos visuais muito legais, é o cânone.

Se você não sabe o que é, ou nunca ouviu falar nisso, ou se já sabe, mas não sabe usar o cânone, clique em Continue Lendo.



O cânone, na música, "é uma linha polifônica (com muitos sons), em que as vozes (humanas ou de instrumentos) imitam a linha melódica cantada por uma primeira voz, entrando cada voz, uma após a outra, retomando o que a outra acabou de dizer, enquanto a primeira continua o seu caminho: é uma espécie de corrida onde a segunda jamais alcança a primeira." (Wikipedia).

Se tudo isso fica difícil pra você, é muito fácil entender. Na infância, na Escola Bíblica Dominical, era comum as professoras ensinarem às crianças uma melodia simples, chamada "Pai eu te adoro", que tem apenas três frases. As crianças eram divididas em três grupos. O primeiro cantava a primeira frase. Quando ia para a segunda frase, o segundo grupo cantava a primeira. Quando o primeiro grupo estava na terceira frase, o segundo na segunda frase, o terceiro grupo começava a primeira. E então, quando o grupo chegava na última frase, repetia. Até cansar... rs

Se você não passou por isso, tem um vídeo aqui, com essa música:



Na dança, a ideia é a mesma. Você cria um passo. Um primeiro grupo dança aquele passo. Quando passa para o segundo passo, o segundo grupo começa. E assim por diante. Para ficar mais claro, veja este vídeo, onde um grupo numa fila dança um cânone, repetindo o que a pessoa do lado fez.



Fica claro, no vídeo anterior, que todos têm que saber a sequência completa do passo. A pessoa tem que simplesmente esperar a sua vez de executá-lo.

O coreógrafo João, do programa do SBT "Se Ela Dança, Eu Danço", condenava este tipo de recurso no meio profissional, porque ele dizia ser um recurso de "coreógrafo preguiçoso", justamente porque é um recurso simples de se utilizar, você "come" uma parte da música com poucos passos, porque são feitos em momentos diferentes, dando brilho à coreografia sem muito trabalho.

Por isso, é um recurso que eu recomendo para quem está sem inspiração, ou precisa fazer uma coreografia bonita em curto espaço de tempo. É uma opção fácil e bonita.

Vamos ver agora, uma coreografia feita por uma companhia de ballet cristão, chamada Paradosi Christian Ballet Company. A coreografia parece bastante complexa a um primeiro olhar, mas agora que você já sabe sobre o cânone, vai perceber que basicamente ela é composta de vários cânones, em dois ou três grupos. Um grupo dança, o outro repete o que o primeiro fez enquanto o primeiro está fazendo outra coisa que o outro grupo vai repetir depois. No fim, todos se encontram.

Vamos ver?

A imagem não é frontal, mas dá pra ver bem os cânones e os efeitos dele visualmente falando.


Lindo não?

O cânone é uma ótima sugestão para criação, como recurso coreográfico. Faça uso dele!


Espere! Você gostou da postagem? Então dê uma olhada no material feito por mim que está disponível para você e seu ministério!


Clube de Autores     -     AgBook



Clube de Autores     -     Loja Dança Cristã     -     Livraria Saraiva     -     Submarino












Clube de Autores     -     Loja Dança Cristã     -     Livraria Cultura     -     Submarino

Nenhum comentário:

Postar um comentário